DGAV lança medidas de contingência para a redução dos impactos ambientais e sanitários dos incêndios do passado fim-de-semana



Na sequência dos incêndios de dia 15 e 16 de Outubro da gravidade deste cenário, decorrente do enorme número de animais vitimados, a DGAV decidiu aplicar medidas excepcionais de contingência de modo a reduzir os impactos ambientais e sanitários decorrentes desta situação.

As DSAVRS através dos serviços das DAV e Núcleos, nas respectivas áreas de jurisdição, em estreita articulação com os serviços veterinários das OPP, os Médicos Veterinários Municipais e eventuais ONG locais, devem proceder a um  levantamento adequado das situações mais críticas e que careçam de apoio externo (enterramento onde essa operação seja possível, recurso aos serviços SIRCA, gestão da informação sobre carências alimentares prementes para os efectivos pecuários).
As informações recolhidas devem ser geridas a nível regional, com comunicação aos serviços centrais, indicando de preferência um ponto de contacto local.

Aviso n.º 2 fornece indicações relativas às regras de enterramento de cadáveres, sendo, consoante a situação, indispensável solicitar a colaboração das Autarquias locais para disponibilizar os necessários dispositivos mecânicos (retroescavadoras).


Fonte: DGAV ->  http://www.dgv.min-agricultura.pt/portal/page/portal/DGV/noticia/?detalhe_noticia=24745609
Data de publicação: 2017-10-19 14:25:07

        

376 visualizações