DGAV promove projecto de avaliação da biossegurança nas explorações de suínos



Fonte da imagem: Jornal de Leiria

A biossegurança é um dos pilares da sanidade animal, permitindo prevenir a introdução e a propagação de doenças animais transmissíveis e consequentemente os seus impactos negativos na produção pecuária. A biossegurança diz respeito a um conjunto de medidas físicas e de gestão que devem ser aplicadas diariamente pelos produtores, sob a orientação do médico veterinário responsável sanitário (MVRS).

A manutenção da indemnidade da Peste Suína Africana, a erradicação da Doença de Aujeszky, a certificação sanitária para as trocas intra-comunitárias e países terceiros, a implementação da nova lei da Saúde animal exigem, cada vez mais, níveis elevados de biossegurança das explorações de suínos.
Com vista a esse propósito a Direcção Geral de Alimentação e Veterinária (DGAV), conjuntamente com a Federação Portuguesa das Associações Suinícolas (FPAS), Sociedade Científica de Suinicultura (SCS) e a Faculdade de Medicina Veterinária da Universidade de Lisboa (FMV-UL), elaborou um projecto de avaliação voluntária de biossegurança.

Trata-se de um projecto de cariz técnico-científico que decorre entre 23 de novembro de 2018 e 30 de janeiro de 2019 para a caracterização da biossegurança nas explorações de suínos com mais de 20 porcas reprodutoras ou mais de 200 porcos de engorda, em regime intensivo.

Saiba tudo sobre este projecto aqui


Fonte: DGAV ->  http://www.dgv.min-agricultura.pt/portal/page/portal/DGV/noticia/?detalhe_noticia=30366383
Data de publicação: 2018-11-26 14:55:10

162 visualizações