Notícias

Relatório EFSA: epidemia de gripe aviária na Europa em 2022 foi a maior de sempre

 

No relatório publicado pela EFSA (Autoridade Europeia para a Segurança dos Alimentos) e pelo ECDC (Centro Europeu de Prevenção e Controlo das Doenças), sobre o vírus da Gripe Aviária de Alta Patogenicidade e referente ao período entre Outubro de 2021 e Setembro de 2022, é indicado que se registaram 2520 surtos em aves de capoeira, 227 surtos em aves de cativeiro e foram feitas 3867 deteções deste vírus em aves selvagens. 

Na área afectada, abrangendo um total de 37 países (a maior abrangência registada) foram abatidos 50 milhões de aves de capoeira, no total das explorações afectadas. O número de detecções de animais doentes é 1,7 vezes superior ao registado no mesmo período de 202-2021, tendo-se verificado que a epidemia não parou durante o período de verão.

Os dados indicam que os anseriformes são as aves mais envolvidas na transmissão do vírus das aves selvagens para as aves de capoeira. 

O relatório indica ainda que o risco de uma infeção generalizada na população europeia é avaliadao com sendo baixo e o risco de transmissão aos humanos através do consumo de produtos de aves de capoeira é negligenciável. 

 


Fonte: EFSA / ECDC Consultar fonte
Data de publicação: 12/01/2023 10:40

Pub.